O que é Neurocoaching?

8 de de fevereiro 2017 por

O NeuroCoaching é a técnica que alia o Coaching, com conceitos da Neurociência, da Psicologia Positiva e a utilização de poderosos equipamentos que monitoram e analisam em tempo real o cérebro e suas reações elétricas, permitindo ver as áreas mais ativas e menos ativas em cada momento (Neurofeedback) e a sua relação com o nosso corpo, batimentos cardíacos, respiração, nível de ansiedade e a temperatura (Biofeedback).

Esse novo olhar sistêmico e sistematizado do ser humano pelo ser humano, potencializa exponencialmente os seus campos de atuação.

As aplicações do NeuroCoaching são variadas e tem um escopo de atuação grande: da aprendizagem à liderança; da formação de equipes à qualidade de vida; da empatia a geração de prosperidade, aumento de performance, da felicidade e do bem estar.

Essa moderna técnica baseada no Coaching, na Psicologia Positiva e na Neurociência, cria a base para o entendimento do processo de aprendizagem e da sua aplicação de uma forma incrivelmente eficaz!

O nosso cérebro tem uma ou mais áreas do Neo Córtex que predominam no momento em que estamos pensando. Isso se transforma em comportamentos específicos atrelados a cada área do cérebro.

Embora a mente funcione em rede pegando conhecimentos adquiridos, experiências passadas ( sejam elas positivas ou negativas), alguns comportamentos estão atrelados a determinadas partes do cérebro.

Qual é a área do seu cérebro que tem o Predomínio do seu Pensamento?

Cada área do Neo Córtex tem suas características e habilidades próprias:

– Frontal direito – Criatividade
– Frontal Esquerdo – Decisão
– Sagital Direito – Empatia
– Sagital Esquerdo – Metódico

Cada pessoa tem um predomínio de pensamento em uma ou mais áreas dessas, não existindo melhor ou pior. Essas características podem ser mensuradas e mapeadas (através de uma autoavaliação em questionário próprio) e depois potencializadas com as técnicas da Psicologia Positiva. Essa é uma área nova da psicologia (introduzida no ano de 1998 por Martin Selligman – presidente da Associação Americana de Psicologia (APA), que cuida da qualidade de vida, do bem estar e das emoções positivas – entre elas, a felicidade)

Podemos ter o Predomínio em uma área do cérebro para uma determinada característica (Liderança, motivação, comunicação, vendas, tomada de liderança, etc) e em outra área para uma outra arena da nossa vida (saúde, família, relacionamentos, finanças ou profissão), analisando assim a nossa vida de forma mais ou menos determinante, e melhorando os nossos resultados finais.

Esses diferenciais podem estar ligados ao nosso histórico de vida, aos valores pessoais, a auto imagem e as crenças que norteiam a nossa existência.

Podemos potencializar essas habilidades e características, colocando foco e energia nas novas qualidades que desejamos desenvolver.

Todas essas características podem ser desenvolvidas e potencializadas com recursos que antes não dispúnhamos, aumentando o nosso Foco, o nosso controle emocional, a nossa atenção, memória e mudando resultados que não estão sendo satisfatórios, através da mudança e estímulos de novos comportamentos.

Na nossa próxima conversa falaremos sobre a diferença dos cérebros do Homem e da Mulher.

Aguarde!


Psicólogo Positivo – Administrador – Master Coach – Palestrante – Especialista em Neurofeedback – Consultor Sebrae – Professor MBA Univ. Católica de Petrópolis (UCP)

Deixe Seu Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »